expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass' oncontextmenu='return false' ondragstart='return false' onkeydown='return checartecla(event)' onselectstart='return false'>

domingo, 26 de junho de 2016

Especial: Todo domingo é igual

Todo domingo é igual

Duvido
Que você vindo
No domingo
Acalmaria

A ansiedade
Da segunda
Que chegará
Nua e crua

Suspiro
Pressentindo
Que ninguém possa
Apaziguar

A semana que é cheia
Ou temor que em nós permeia
Pela vida que é vazia
A toda falta silencia

Duvido.
E espero.
Não quero.
Recomeçar.

Mas vou.
E faço.
Não tem como.
Escapar.


Um comentário: